A frustação da projeção do real

0
460
Descrição da imagem #PraCegoVer: Imagem no formato retangular, na horizontal. A sombra de uma mão aberta, segurando uma vela acesa. Fim da descrição.
Frustração: ver as sombras projetadas das coisas reais (Foto: Pixabay)

Por: Gigante Leo*

Provavelmente você já se surpreendeu com alguém nessa vida, com alguma atitude, palavra ou comportamento, tanto positiva quanto negativamente. Geralmente nos surpreendemos mais negativamente com os outros. Afinal, quem nunca se decepcionou com alguém? Quem nunca falou isso: “Esperava isso de qualquer pessoa, menos de fulano”?

Obviamente existem pessoas dissimuladas, conhecidas como ‘duas caras’, mas a maioria das nossas decepções ocorre porque costumamos criar imagens das pessoas ao invés de enxergarmos quem a pessoa é de fato. Imagens criadas das impressões e julgamentos que fazemos de alguém.

Algo parecido com isso acontece na alegoria da caverna de Platão, onde as pessoas que estão no fundo da caverna só veem as sombras projetadas das coisas reais. Assim também acontece conosco: só conseguimos ver ‘a sombra projetada daquela pessoa (imagem)’. O problema é quando essa imagem que formamos de alguém se mostra contrária ou um pouco diferente do que ela é de fato. Quando a imagem não coincide com o real vem a decepção.

O grande perigo é quando essa frustração da imagem acontece internamente conosco. Quando nós construímos imagens ilusórias de nós mesmos. Quando projetamos para nós ideais e metas inatingíveis. Afinal de contas, todos nós temos nossos erros, nossas fraquezas, que fazem parte do que realmente somos. Acreditar numa imagem que só tenha virtudes, com no máximo alguns pequenos erros, pode ser destruidor, pois não reconhecer nossas fraquezas pode potencializá-las no futuro.

Como toda imagem, ela muda e pode sumir, revelando o real, que pode ser bem diferente do que você estava projetando. E por ela ser tão diferente, pode levar a consequências sérias, como a própria depressão. Por esse real ser ‘pior’ do que idealizamos, ficamos tão chocados que desistimos de mudar ou melhorar, pois o processo de mudança exige de nós muito esforço e energia. Exige um movimento que muitas vezes não estamos dispostos a realizar.

Nesses casos, algumas pessoas, ao se depararem com o ‘seu real imperfeito’, ao invés de buscar a mudança, acabam criando novas imagens ou desculpas para tentar justificar aquela ‘imperfeição’/limitação ou até mesmo para servir de fuga para não encarar a realidade. Mas, por mais que tentamos fugir da nossa realidade ou da realidade de alguém, ela sempre se revelará.

A melhor maneira de diminuir ou evitar frustrações conosco mesmo ou com alguém é a todo instante tentarmos adequarmos ao máximo as imagens que fazemos de alguém ou de nós mesmos com a realidade, reconhecendo cada dia mais as imperfeições, porque viver é um eterno exercício de autodescoberta e descoberta do próximo.

 

 

Descrição da imagem #PraCegoVer: Imagem no formato quadrado. Leonardo Reis está em um parque ecológico. Ele está sentado em um tronco de árvore. Ele está fazendo graça e está com a boca aberta, como se estivesse gritando. Leonardo usa uma camiseta vermelha, calça jeans azul e um tênis azul com listras brancas. Fim da descrição.
Foto: Bianca Ponte

*Gigante Leo ou Leonardo Reis, é ator, humorista e escritor.

 

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here