Pesquisa apresenta dados alarmantes sobre o trânsito no Brasil

0
699
Descrição da imagem #PraCegoVer: A imagem está no formato quadrado. Nela é possível ver, a partir de um retrovisor do carro, duas fileiras de carros formando trânsito em uma rodovia. Fim da descrição.
Metade das vítimas de acidentes sofrem lesão medular (Foto: Sxc.hu/Rogerio Perez)

No mês em que é celebrada mundialmente a Semana Global da Segurança Viária, iniciativa da Organização Mundial da Saúde (OMS), a Rede Lucy Montoro de Reabilitação apresenta dados alarmantes sobre as vítimas de acidentes de trânsito, no Brasil.

De acordo com dados de uma pesquisa divulgada pela instituição, em 2016, cerca de 50% das vítimas de acidente de trânsito atendidas sofrem lesão medular e se tornaram paraplégicas ou tetraplégicas e quase 30% sofreram amputação. O levantamento aponta que a maioria das vítimas esteve envolvida em acidente de moto, é homem e tem até 40 anos.

Do total de pacientes atendidos na Rede Lucy Montoro acidentados no trânsito, metade estava em motocicleta, tem de 20 a 30 anos, sendo 75% homens. Entre os amputados, 44% é vítima de acidente de moto, em sua maioria homens, de 20 a 30 anos e cerca de 38% é vítima de atropelamento. Segundo o médico fisiatra Daniel Rubio, as vítimas de acidentes de trânsito passam por um longo processo de reabilitação e podem ter sequelas para a vida toda. “As consequências não são apenas para o acidentado. Muitas vezes, a deficiência severa pede que alguém da família se dedique à vítima por tempo integral”, completa o especialista.

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here